Expressão

abril 3, 2012 brybru

Esta noite foi bem intensa. Mas de todas as vivências o que mais me marcou foi o sonho com meu filho. Ele fazia uma bagunça enorme em minha casa. Havia emprestado a mesa da sala de jantar para alguma amiga. Havia colocado sua escrivaninha em meu quarto, à frente do guarda roupa, impedindo que eu pudesse me trocar. Eu tentava explicar que nós ficaríamos sem comer, pois não havia mesa. Onde já se viu alguém emprestar a mesa e ficar sem? Fui ficando muito nervosa e queria gritar minha raiva e minha voz desaparecia. Estava afogada em raiva. Eu pedia ajuda e ninguém ouvia. Eu queria gritar, gritar, gritar e a voz não saia. Lembro-me de ir me arrastando do quarto até a sala, tentando falar e me sentia sufocada.

IRL – às vezes sinto que minha consciência anda assim, bagunçada. Meu filho é uma cópia de meu ex marido e neste caso a representação dele no sonho é a mesma que eu tenho do pai. Representa meu aspecto permissivo, de deixar tudo ficar uma bagunça e não conseguir organizar por não colocar limites. Limites em mim mesma e nos outros. De não dizer não para nada nem para ninguém. Mas me sinto sufocada com isso. Tenho em mim uma raiva desmedida, por não conseguir me fazer entender. Por tentar explicar o óbvio e não obter entendimento.

Como viver sem se alimentar, sem a mesa, sem um espaço para que possa absorver o alimento cotidiano, as situações de vida que nos trazem crescimento espiritual como o  alimento material faz crescer e sustenta nossa vida física. Como posso estar vivendo com esta desordem? Como eu posso permitir tudo isto.

E a escrivaninha? O lugar onde se estuda, onde devemos estudar,  na frente do guarda roupas, impedindo que eu mude minhas roupas, que encontre outra forma de me expressar. As roupas representam como me apresento ao mundo. Engraçado agora, um oráculo me disse que eu precisava mudar minha forma de me vestir. No dia achei que tinha a ver com calças, tênis e camisetas. Talvez algo mais fino e menos adolescente. Agora me dou conta que a roupa necessária de ser trocada é a minha expressão. Meu amor me disse ontem que não consegue me entender. Que eu sou “tão evoluída” que ele não entende e acha que é tudo piração. Daí a raiva do sonho. Raiva da minha permissividade, de aceitar o jeito de agir do outro, de justificar sempre a todos que não me entendem, como se fossem meus filhos. Raiva de não conseguir falar de outra forma, de não mudar de roupa e me apresentar de forma diferente. É um sentimento tão intenso que me sufoca. De novo não consigo me expressar. De novo a sensação de não fazer parte desta vida, de estar me arrastando em busca de expressão, em busca de ajuda.

Mas agora, brincando com as ideias deste sonho, consigo sentir um certo alívio. Acho que consegui tirar a escrivaninha. O mais importante é sem dúvida o auto entendimento.

Lendo James Van Praagh me dou conta da necessidade de dizer, sem gritar o que entendo do mundo. Em algum momento aqueles que não compreendem vão compreender, ou pelo que eu digo ou por que outra pessoa venha a dizer. Mesmo este livro dele que eu deixei de ler há um bom tempo por não conseguir me interessar mais, ao retomar a sua leitura me dei conta do quanto eu não entendia o que estava ali registrado. E, agora, alguns anos depois, me dei conta que eu não tinha o conhecimento necessário para entender o que ele queria dizer. Olho para o livro agora e vejo que ele está falando do poder de cocriação que temos da realidade. Da Lei da Atração que concretiza tudo o que pensamos e daí a responsabilidade nossa de cultivar e desejar o melhor para nós e para todos.

Ser permissivo não é bom e nem justo, consigo ou com o outro. Como filhos e crianças necessitamos aprender e às vezes com limites. E devemos nos expressar, com amorosidade de preferência e não com raiva, mesmo correndo o risco da incompreensão.

Anúncios

Entry Filed under: Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to comments via RSS Feed

Páginas

Categorias

Agenda

abril 2012
S T Q Q S S D
« mar   maio »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Most Recent Posts

 
%d blogueiros gostam disto: