Seu aniversário

outubro 23, 2009 brybru

Que os meus sonhos sejam reveladores,

Que a dor seja apenas a suficiente,

Que eu possa sorrir sempre

Ser e fazer feliz!

 

Sonho de teu aniversário!

Sem você estar presente no início do sonho, você me convidou para ir a um restaurante. Eu estava com a minha família e a família do meu ex-marido. Estávamos primeiramente, visitando a creche da Irmã Eliana, no Monte Cristo. Um sonho sem seqüência cronológica. Eu recebia um presente de uma cunhada, mas não era pra mim este presente. Um dos cuidadores da creche me disse que eu precisava de autorização para entrar. Eu dizia a ele que eu já havia feito parte daquilo tudo, daquele lugar.

Acabamos todos em uma sala que parecia um restaurante, mas ao mesmo tempo era uma cozinha antiga, com fogão a lenha. E eu sabia que lá era o lugar onde eu iria encontrar você. Eu pensava que viriam somente você e sua mãe. E fiquei meio assustada de como seria esse encontro, afinal nossas famílias não se conhecem.  Senti que seria uma situação bizarra. E ficava imaginando como eu deveria me comportar. Seria dissimulada como fui a vida toda? Agora entendo a Capitu de Machado de Assis. E eu pensava…seja o que Deus quiser!

Fui trocando de roupa pelo corredor, vista que estava bem mal vestida, com um vestido surrado e velho. Uma outra cunhada, por quem tenho grande admiração, me ajudou na troca de roupa e vesti um lindo vestido de tricô cinza claríssimo. Um vestido meio folgado, mas muito bonito. Adoro vestidos de tricô. E enquanto ia andando e me trocando descobri que havia no mesmo lugar um restaurante lindo e ficava chateada por estar na cozinha. Conformei-me com o aconchego da cozinha, que começava a ficar cheia de gente. Você era um japonesinho, criança, com o nariz inchado, como fraturado, e meu ex-marido apertava seu nariz e eu ficava muito brava. Eu queria saber o que havia te acontecido.

Uma mulher loura, de óculos, sua mãe, fixava os olhos em mim, me olhando como se me conhecesse, e pede para que nos apresentemos. Quem faz isso é a minha cunhada querida. Há muita gente falando. Muito barulho. Vi minha cunhada rindo e muita cor amarela no ambiente. Vi um adolescente japonês sorrindo pra mim. Uma mulher costurando uma fantasia e muita cor lilás. Uma encenação estava sendo preparada, uma peça de teatro. Uma moça vestida de noiva, quatro meninos vestidos de guardiões, meu filho mais velho vestido de preto, dizendo que seria o juiz, do casamento e da justiça.

A peça tem início e uma moça morena, que seria sua mulher, dizia que você não queria seguir o ritmo do casamento, fazia uma performance sugerindo sua relação íntima, a gestação e o nascimento de seu filho. Ela se lamentava.

Acordo com o despertador suavemente e uma música vem à minha mente. “Quiero saber, que puedo hacer, que me atormenta em mi interior, se és el dolor que impieça a ser, miedo a perder lo que se amo?…sera´que tu eres el amor de mi vida?” Pablo Milanés

IRL – alguns detalhes para esclarecimento. Sonhei no dia 17/02/09, data de aniversário de meu filho mais novo, no qual sempre vi uma semelhança contigo. Você foi sim o amor da minha vida, e isso não é segredo pra você. Nós nos encontramos por um sonho e estamos nos afastando por este sonho. Você me deu o sentido da eternidade. O sentimento de ser muito bela e um aprendizado sobre campo das energias e de outras dimensões não concretas. Você me surpreendeu ao seguir alguns de meus passos em sua vida. Aprendi o que é o verdadeiro amor, deixar o outro ser o que veio ser. Temos a sua irmã em comum. Ela apareceu em minha vida muito antes de você. A tragédia dela me comoveu muito antes de saber que eu te conheceria. Essa história dela salvou a vida do meu filho mais velho. Você foi um ciclo completo de experiências fantásticas. Wicca, Renascimento e Reiki.

A grande questão é: porque a tua mulher vem me contar do sofrimento dela? Eu nunca lhe causei essa dor. Porque antecipei a tua separação? Porque ela me contou sobre o que você faria?

Aí pedi pra que a grande deusa colocasse em mim o seu manto de invisibilidade. Pedi pra que você e meu ex-marido me libertem desse ciclo. Eu quero ir. Quero sonhar outros sonhos. Eu mereço outros sonhos. Os meus sonhos.

Eu não vou interpretar este. Quem conseguir. Sinta-se à vontade.

Anúncios

Entry Filed under: Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to comments via RSS Feed

Páginas

Categorias

Agenda

outubro 2009
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Most Recent Posts

 
%d blogueiros gostam disto: